Os 8 tipos de Húmus que vão querer experimentar

Hummus, homus ou húmus é um prato/paté tradicional do médio oriente feito a partir de grão-de-bico cozido, tahini (pasta de sésamo), azeite, sumo de limão, alho e sal. A partir daqui é so puxar pela imaginação e podem surgir receitas e sabores incríveis.

Pode ser servido com legumes crus, normalmente cortados em palitos (cenoura, aipo …) pode ser barrado no pão/tostas ou pode até ser um maravilhoso molho para saladas ou massas. Este “patê” prima pela sua versatilidade. 

O grão de bico, principal ingrediente do húmus, é repleto de proteína e fibra e também é rico em ferro, folato, fósforo e vitamina B. Especialmente para vegetarianos e veganos, a pasta oferece muitos benefícios nutricionais.

Este é um alimento que merece especial atenção devido à sua “riqueza nutritiva”. O seu elevado teor de proteína, fibra e hidratos de carbono de absorção lenta fazem com que este alimento tenha um papel importante no controlo do nosso apetite, permite que tenhamos um bom funcionamento intestinal bem como um maior controlo dos níveis de açúcar no sangue. Tem também uma componente mineral muito rica devido aos seus valores de ferro, magnésio, potássio, zinco, cobre, magnésio, entre outros. Para além de tudo isto, podemos ainda retirar maior proveito desta leguminosa quando combinado com alguns tipos de cereais, como é o caso do arroz.

Para além de todos estes benefícios referidos existem também alguns cuidados a ter com o grão-de-bico.

Sabia que as sementes (leguminosas, oleaginosas e cereais integrais)  devem ser demolhadas algumas horas antes de as cozinhar ou consumir?

Pois é, este é um dos principais cuidados que devemos ter em relação às sementes de uma forma geral. Enquanto estão na natureza as sementes encontram-se num estado “adormecido” e só se desenvolvem quando as condições são as mais adequadas para o processo. As sementes possuem mecanismos de defesa (inibidores de enzimas, substâncias tóxicas e anti-nutrientes) que possibilitam que as suas caracteristicas se mantenham inalteradas até ao momento que em entram em contacto com a água, onde começa o processo de germinação e nasce uma nova planta.

Quando demolhamos as sementes estamos a criar as mesmas condições que a natureza lhes proporciona, fazendo com que se inicie o mesmo processo de germinação. É assim que as enzimas começam a ser produzidas e as proteínas, os minerais e as vitaminas ficam biodisponíveis e são mais facilmente absorvidas pelo nosso organismo.

Para este processo vai necessitar de um recipiente de preferência de vidro ou de cerâmica, com o dobro da água à temperatura ambiente. Devemos deixar de molho por 24 horas para eliminarmos o máximo de substâncias indesejadas, reduzir o processo de cozedura e diminuir o desconforto durante o processo de digestão, nomeadamente na redução dos gases. Devemos deitar fora a água depois de demolhar para garantir que eliminamos todas as toxinas. Devemos passar novamente os alimentos por água e só depois confeccioná-los ou consumi-los.

Sugestão para demolhar de uma forma mais eficaz –Juntar uma colher de sopa de sumo de limão ou de vinagre por cada chávena de água que estamos a usar para demolhar. Devido à sua acidez vão ajudar no processo de eliminação de toxinas.

Na prática, este processo melhora a digestão destes alimentos, aumenta a biodisponibilidade do zinco e do ferro, melhora a absorção de vitaminas e proteínas, reduz o tempo de cozedura destes alimentos e devido à diminuição dos taninos, melhora o sabor de qualquer receita.

Mostramo-vos então, as mais saborosas receitas de Húmus para aprimorar os jantares lá de casa.

Húmus de Abacate

Os benefícios do abacate para a nossa saúde passam por ajudar a hidratar a pele, o cabelo e melhorar a circulação sanguínea por conter gorduras saudáveis como o ómega 3. Não deve ser consumido em grandes quantidades nas dietas, cujo foco é perder peso, devido à sua concentração de gorduras.

Esta receita demora menos de 10 minutos a ser feita e o seu sabor é absolutamente incrível. Para a confeccionar só vai precisar de abacate, grão, sementes de girassol, azeite, alho, sal, pimenta e limão espremido . O abacate batido dá-lhe uma irresistível suavidade que confere a esta receita uma textura super cremosa. Esta delícia é perfeita para servir com pão fresco ou tostas finas.

A receita está disponível no nosso website: Húmus de Abacate 

Húmus de Cogumelos

Super nutritivos e com muito pouca gordura, os cogumelos são alimentos ricos em proteínas, fósforo, vitaminas, fibras entre outros elementos essenciais à saúde. Frequentemente classificados como vegetais e caracterizados pelo seu sabor exótico, os cogumelos pertencem ao grupo dos fungos.

São um elemento que não dispensamos da nossa cozinha e por isso decidimos juntar às sementes de girassol e ao grão, uns deliciosos cogumelos portobello, azeite, ricotta, alho, limão espremido, sal, pimenta e paprica. Sirvam com com palitos de cenoura, palitos de aipo e deliciem-se com esta receita!

Podem comprovar o seu sabor através da receita completa disponível no nosso website: Húmus de Cogumelos.

Húmus de Amêndoa

As amêndoas, tal como todos os frutos secos oleaginosos, possuem uma grande quantidade de gorduras saudáveis. Desta forma, devemos incluí-las na nossa alimentação de uma forma moderada, de acordo com as calorias que pretendemos ingerir. São também uma fonte de energia, uma vez que são ricas em proteína. Ajudam os músculos a crescer e, por sua vez, a eliminar gorduras indesejadas.

São tão deliciosas, que vamos mesmo querer introduzi-las na nossa alimentação.

Amêndoas, sementes de girassol, milho, azeite, água, limão, sal e pimenta é tudo o que precisam para esta maravilhosa receita que não vão querer perder. É ideial para comer com legumes crus em palito, tostas finas ou como creme para barrar no pão.

É uma receita muito versátil e já está disponível no nosso website: Húmus de Amêndoa

Húmus de Couve-Flor

Trata-se de um alimento anticancerígeno rico em vitamina C, K, ácido fólico, sais minerais e fibras. Devido ao seu elevado teor de água e de potássio este alimento possui propriedades diuréticas. É recomendado para pessoas que sofram de hipertensão, devido ao seu baixo teor de sódio. Apesar de ser tradicionalmente consumido cozido, como acompanhamento ou em sopas podemos usá-la para fazer muitas outras receitas.

O húmus de couve-flor é um exemplo super saboro e fácil de fazer. Equanto assamos a couve-flor no forno a gosto podemos organizar tudo o que nos falta: sementes de girassol, ricotta, azeite, água, limão espremido, sal e pimenta. Assim que estiver pronta é só triturar tudo e temos uma entrada maravilhosa para um jantar de amigos. Podem acompanhar com rodelas de beterraba ou tostas escuras, fica óptimo!

Receita completa já disponível no nosso website: Húmus de Couve-Flor

Húmus de Beterraba

A beterraba é um tubérculo ligeiramente adocicado que possui diversas propriedades nutritivas. É bastante versátil, podendo ser utilizada de várias formas: crua, grelhada, cozida, etc. É também um alimento que fornece energia e que, devido ao seu alto teor de ferro, açúcar e potássio, é uma boa ajuda para pessoas que tenham problemas sanguíneos.

A beterraba tem um sabor bastante característico que, ao ser combinada com os ingredientes certos conseguimos retirar o melhor dela.

Esta receita junta beterraba, pistácios, sésamo, azeite, alho, limão espremido, grão-de-bico, sal, pimento, paprica e ricotta. É um “patê que deve ser servido bem fresco com pão ou tostas.

O sabor é incrível e a receita já esta disponível no nosso website: Húmus de Beterraba

Húmus de Tomate e Feijão Branco

Muitas vezes usado como legume o tomate é uma fruta muito utilizadas em dietas de emagrecimento devido ao seu baixo valor calórico. A grande quantidade de água e vitamina C presente neste alimento confere-lhe propriedades diuréticas e uma maior absorção de ferro, por parte do organismo, durante as refeições. Este alimento aliado ao o feijão branco, que promove a sensação de saciedade e ajuda a regular o apetite devido ao seu elevado teor de fibra, só pode resultar em algo muito saudável e nutritivo!

A estes dois ingredientes maravilhosos juntámos sementes de linhaça, miolo de noz, alho, sal, pimenta e lima. O resultado foi uma explosão de sabores numa fácil e rápida receita que rende 8 porções. Sirvam com tostas ou barrem no pão e desfrutem!

Receita já  disponível no nosso website: Húmus de Tomate e Feijão Branco.

Húmus de Cenoura

A cenoura é uma raiz que tem um papel muito importante para o nosso organismo, a nível imunológico, por ser rica em antioxidantes, a nível digestivo, por ser rica em fibras, a nível da visão, por conter vitamina A e até a nível do bronzeado da nossa pele no Verão, devido à presença de betacaroteno, que estimula a produção de melanina.

É um alimento cheio de benfícios e por esse motivo não poderíamos deixá-lo de parte. Por isso, juntámos às cenouras o nosso ingrediente principal destas receitas, o grão-de-bico, e ainda lhe conferimos um sabor especial através do azeite, alho, limão espremido, sal, pimenta e coentros . Sirvam com pão escuro ou tostas integrais.

Uma receita simples e cheia de sabor que podem consultar no nosso website: Húmus de Cenoura

Húmus de Manjericão

Antigamente era associado ao amor, hoje em dia pode ser associado à nossa saúde e ao nosso bem-estar. Rico em betacaroteno, o manjericão, é um dos melhores aliados do seu bronzeado. Esta planta diurética estimula o fígado e ajuda a combater insónias e dores menstruais. O seu sabor característico confere-lhe a vantagem de ser usado em milhares de pratos por todo o mundo.
Juntámos grão cozido, manjericão, água, tahini (pasta de sésamo), limão espremido, azeite, alho, sal, pimenta, cominhos e paprika e obtivemos um resultado ainda melhor do que esperávamos: Sabor, frescura e leveza! Sirvam bem fresco com palitos de vegetais crus e deliciem-se!

Receita completa no nosso website: Húmus de Manjericão

 
Summary
Os 8 tipos de Húmus que vão querer experimentar
Article Name
Os 8 tipos de Húmus que vão querer experimentar
Description
Hummus, homus ou húmus é um prato/paté tradicional do médio oriente feito a partir de grão-de-bico cozido, tahini (pasta de sésamo), azeite, sumo de limão, alho e sal. A partir daqui é so puxar pela imaginação e podem surgir receitas e sabores incríveis.
Author
Publisher Name
Friendly Food
Publisher Logo

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.